Perspectivas para o agronegócio em 2023

Perspectivas para o agronegócio em 2023

O agronegócio é hoje um dos setores mais importantes para a economia do Brasil, sendo responsável por quase 30% do PIB do nosso país, mas como estão as perspectivas do setor para os próximos anos?

Alguns pontos já foram levantados como os mais relevantes a curto prazo, já para o ano de 2023, e todos impactam o agro brasileiro. Veja a seguir.

La Ninã

La Ninã é um fenômeno climático que resfria as águas superficiais nas partes central e leste do Pacífico equatorial e que tem grandes consequências no clima mundial, por isso é uma preocupação do agronegócio.

As previsões são de que o fenômeno dure até o início de fevereiro de 2023, alterando o regime de chuvas até lá e impactando todo o agro do planeta, seja com precipitações acima do normal ou períodos maiores de seca.

Nesse cenário é importante estar preparado para as intempéries do tempo, planejando as épocas de seca com atenção para não afetarem demais o setor.

Câmbio elevado

Mesmo com problemas climáticos, as projeções para as safras de 2023 são positivas, porém a taxa de câmbio elevada por conta dos conflitos no leste europeu podem impactar a lucratividade do setor.

Nesse sentido é necessário trabalhar com metas realistas e bem calculadas, driblando os fatores que podem afetar o agronegócio com boas estratégias de plantio.

Produção animal

A previsão é que o setor pecuário esteja em alta em 2023, graças ao bom desempenho da produção de suínos. A estimativa, que antes era de 2,9% de crescimento, subiu para 4,1%, mas sua produtividade também depende do clima, então é preciso estar atento às previsões climáticas e se preparar para as possíveis consequências do efeito La Ninã.

Produção de Grãos

As estimativas para esta área são bem positivas, apesar dos obstáculos do clima e da taxa de câmbio. Os mercados de milho, soja, arroz, feijão e algodão são os que irão impulsionar os números do setor, alcançando uma produção de 294,3 milhões de toneladas.

A soja pode recuperar sua produtividade após ter sofrido com o clima, batendo recordes com uma produção estimada de 150,36 milhões de toneladas pela Conab.

Entre altos e baixos, o agronegócio se consagra como setor fundamental para nossa economia e nós não poderíamos deixar de participar dessa jornada. Agricultor, para o que precisar, estaremos aqui. Conte com a gente!

Compartilhar esse post:
Nerau